O Parque

 

O Parque Nacional da Peneda do Gêres foi criado em 1971, e é o único em Portugal, abrange uma área montanhosa do Noroeste Português, com cerca de 72 000 hectares. A interacção Homem/Natureza ao longo dos tempos originou, nos vales das linhas de águas mais importantes, uma paisagem fortemente humanizada e o aparecimento de formas de cultura extremamente valiosas. Testemunham-no ainda hoje cerca de 15 000 habitantes, distribuídos por 114 aldeamentos da zona periférica.

Este Parque Nacional, pela variedade da paisagem, pela diversidade dos microclimas, pelas espécies vegetais e animais existentes e pelos vestígios históricos de mais de cinco mil anos de ocupação humana, satisfez de forma notável os pressupostos para a sua criação.

Este Parque é visitado por muita gente, sob certas condições, com fins educativos, culturais e recreativos. No Parque Nacional foi estabelecida uma zonagem, donde resultam duas grandes áreas.

Uma delas, periférica - área de ambiente rural, onde se situam os aldeamentos serranos, os campos de cultura que lhe servem de apoio e os terrenos de pastagens, isto é, os locais onde a influência humana mais fortemente se faz sentir.

A outra - área de ambiente natural, além de protegida pela zona envolvente, sendo subtraída à pressão humana por dificuldade de acesso, é por excelência a área de protecção, onde a natureza pode manifestar livremente toda a sua dinâmica.

2017 Associação Amigos de Vila Nova