Paisagem

 A diversidade da paisagem

Além dos valores científicos e culturais existentes na área do Parque, encontra-se aqui toda uma variedade panorâmica de excepcional beleza. E, aqui e ali , o espelho tranquilo das albufeiras é uma grandeza natural. Os altos desnudados pelo rigor do clima, onde os cabeços rochosos quase agulhas graníticas, parece que picam o céu irregularmente. Em contraste com a imponência das belezas agrestes provenientes das acções das forças dos elementos naturais sobre os cumes rochosos, pode encontrar-se, o harmonioso cenário resultante da equilibrada actividade humana que, ao longo do tempo, as foi moldando às suas necessidades, suavizando-as pela introdução de um novo encanto dado pelo toque da mão do Homem – a paisagem humanizada.

Estas comunidades serranas, entaladas nos vales das montanhas ou isoladas nos planaltos, separadas umas das outras por caminhos de serra de trânsito difícil, tiveram que viver por si, bastando-se a si mesmas, pelo que desenvolveram actividades e criaram uma organização social que lhes permitisse ultrapassar as condições hostis que o ambiente lhes proporcionava.

 

     

Os seus componentes têm, desde tempos remotos, praticado um ritual de vida em que a pastagem e o gado desempenham um papel preponderante. Por esse facto e para suprirem as necessidades que se lhes deparam, ordenaram o território que ocupam em zonas de pastoreio, de cultivo e de floresta.

As dificuldades dos trabalhos da agricultura da montanha criaram a tradição, que ainda subsiste, de um comunitarismo de serviços - malhada de centeio, forno do povo, moinhos, lagares de azeite, espigueiros, fojo do lobo, vezeiras (rebanhos).

2017 Associação Amigos de Vila Nova